Histórico do Curso

Histórico do Curso - Biomedicina

A idéia da criação de um curso de Ciências Biomédicas no Brasil nasceu em 1950. Ela surgiu a partir da idéia original de um eminente farmacologista o Prof. Dr. Jose Leal Prado, na época docente da Escola Paulista de Medicina. Objetivava-se, primordialmente, criar massa critica para as cadeiras básicas do curso de Medicina, formando professores de alto nível e que se dedicassem a pesquisa e ao ensino nas diversas disciplinas nao-profissionalizantes.

Dezesseis anos após nascida a idéia, mais precisamente, no dia 10 de marco de 1966, o Prof. Jose Leal Prado ministrava a aula inaugural do Curso Biomédico da Escola Paulista de Medicina, já então federalizada. Após o sucesso que foi a concepção e a condução do curso de Biomedicina na UNIFESP, várias outras Instituições Universitárias, públicas e privadas, também implantaram este curso em suas sedes. Em 02/03/2000, o então Diretor do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade Federal de Uberlândia, Prof. Dr. José Antônio Galo, considerando a discussão realizada em reunião extraordinária do Conselho deste Instituto, realizada em 29/02/2000, nomeou uma primeira Comissão, com a precípua função de encarregar-se da análise, discussão e elaboração do projeto que viabilizasse a criação e implantação do curso de graduação em Ciências Biologicas-Modalidade Médica, Biomedicina.

Cinco anos após, uma nova comissão foi estabelecida em  03 de junho de 2005, representada pelo Prof. Dr. Marco Aurélio Martins Rodrigues, teve como objetivo reformular o projeto pedagógico, adequando-o as atuais normas da Pró-Reitoria de Graduação. Finalmente, em 2007, assistimos ao ingresso da 1ª turma do Curso de Biomedicina da UFU. A entrada anual oferece 25 vagas, período integral. O aluno do curso tem a possibilidade de concluí-lo em 4 anos.

Ao longo desse período estamos trabalhando incessantemente, no sentido de garantir uma formação diferenciada para os nossos alunos. Todo alicerce didático tem sido oferecido aos alunos e, como recompensa, assistimos aos mesmos participarem intensamente de todas as atividades cientificas na área de ciências biomédicas, inclusive participando de estágios no exterior através  dos convênios internacionais mantidos pela UFU.

Desta forma entendemos que os futuros resultados, baseados no nosso compromisso com a qualidade do ensino de graduação, permitira ao o Egresso formado pela UFU ser capaz de estabelecer articulação entre ensino, pesquisa e extensão/assistência, garantindo um ensino crítico, reflexivo, ético, que leve a construção do perfil almejado, estimulando a realização de experimentos e/ou de projetos de pesquisa, socializando o conhecimento produzido.